Pinakotheke no Morumbi

A Pinakotheke São Paulo foi inaugurada em 2002, com arquitetura do renomado arquiteto Carlos Bratke. A casa, diferentemente do palacete neoclássico da sede carioca, é conhecida pela modernidade de seu projeto. Uma grande gaiola de tijolos e vidros com pé direito duplo garante elementos escultóricos ao bairro arborizado do Morumbi, onde é localizada.

Em mais de uma década de existência consolidou-se como um dos espaços culturais mais importantes da cidade e desde então apresentou uma série de importantes exposições com expoentes da arte moderna e contemporânea brasileiros.

pinakotheke-no-morumbi-fachada

Sobre a Pinakotheke São Paulo no Morumbi

O marchand Max Perlingeiro, proprietário das galerias Pinakotheke Cultural do Rio de Janeiro e de Fortaleza, tinha por objetivo chegar ao mercado de arte paulistano com uma unidade que se diferenciasse pela plasticidade de sua arquitetura e pela importância de suas exposições.

Ele e o sócio dispunham de uma antiga casa no bairro do Morumbi, em lote de esquina e em declive, e decidiram instalar ali a nova galeria.

O programa simples estabelecia apenas o espaço de exposições de pé-direito duplo e uma área de escritórios para o marchand.
O arquiteto Carlos Bratke desenvolveu o projeto considerando acessos independentes para a área de mostras, posicionada no nível da rua principal, e para os escritórios, que ocupam a cota inferior do terreno.

exposicao-pinakotheke
A avaliação inicial indicou a possibilidade de aproveitamento das paredes do sobrado que ocupava o lote. Para dar sustentação a elas após a remoção da laje intermediária, o arquiteto desenhou a gaiola de concreto revestida por tijolos, inspirada nos arcobotantes que davam origem aos altares secundários nas catedrais góticas, época em que as tesouras de telhado ainda não eram utilizadas. “Tirei partido da situação para agregar um elemento escultural ao projeto”, explica Bratke.



Depois de iniciadas as obras, as paredes revelaram-se tortas e fora de esquadro, podendo apenas servir de fôrma para novas empenas. Elas formam uma caixa quase hermética, com poucos recortes em vidro.
Externamente predominam os requadros pintados em tom escuro de azul, desenvolvido especialmente para a obra.

Nas áreas internas, as paredes receberam revestimento com placas de gesso acartonado.
O salão de exposições é um quadrado com dez metros de lado e seis de altura, livre de pilares.
Biombos montados conforme as necessidades de cada mostra dividem o espaço e sustentam as telas expostas. A iluminação é feita a partir de um sistema de trilhos com luminárias direcionáveis que destacam as obras de arte. Um jardim nos fundos funciona como espaço complementar para vernissages.

Horário de Funcionamento Pinakotheke SP no Morumbi

  • Segunda a Sexta das 10h às 18h00
  • Sábado das 10h às 16h00

Endereço e Telefone Pinakotheke Cultural no Morumbi

  • Rua Ministro Nélson Hungria, 200 – Morumbi, São Paulo – SP
  • Telefone: (11) 3758-0546

Outras informações e site

Mapa de localização

Pinakotheke no Morumbi
5 (100%) 1 votos




Deixe seu comentário